Fotografo: Reprodução
...
Sem Legenda

A construção de caminhos para a preservação da Amazônia, mantendo a cobertura vegetal e sua diversidade, mas incluindo alternativas para melhorar a qualidade de vida dos seus milhões de habitantes, precisa da participação da Igreja, dos governos e da sociedade, enfatizou o governador do Pará, Helder Barbalho, em seu pronunciamento no encontro promovido pela Pontifícia Academia de Ciências do Vaticano e governadores da Amazônia brasileira, nesta segunda-feira (28). Uma importante sugestão foi acatada pela comissão organizadora do encontro, a realização do próximo encontro da Cúpula na capital paraense.

“Gostaria que a próxima reunião da cúpula pudesse ser na Amazônia e que pudesse, portanto, prestigiar a nossa região e coloco a disponibilidade de candidatar a capital do Pará, Belém, para que seja sede da próxima reunião da Cúpula de governadores da Pan Amazônia”, sugeriu o Governador. A sugestão foi acatada e a data será divulgada em breve.