Fotografo: Reprodução
...
Sem Legenda

O Pará está entre os 10 estados que mais reduziram os índices de criminalidade e o terceiro que mais contribuiu para a diminuição da violência em âmbito nacional. As informações são do Ministério da Justiça e Segurança Pública e do Monitor da Violência (G1), respectivamente, e foram divulgadas neste mês de setembro.

Para dar continuidade à diminuição destes números e promover ainda a paz social em todo o Estado, a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa (Segup) anuncia o investimento de R$ 100 milhões na modernização de equipamentos dos órgãos que compõem o Sistema Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (SIEDS). 

Os resultados já obtidos em pouco mais de oito meses de gestão são consequências de investimentos, fortalecimento de inteligência e integração entre os órgãos do SIEDS. Entre as ações estão a aquisição de veículos, rádio de comunicação portátil, coletes balísticos, reforma e aparelhamento de prédios policiais, compra de microcomparador balístico, sistema automatizado de identificação biométrica, e modernização de hadware e software de sistemas de inteligência em módulos.

Os recursos, que deverão ser aplicados durante o segundo semestre de 2019, serão provenientes do tesouro do Estado, emendas parlamentares e parcerias com instituições privadas, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Fundo Nacional de Segurança Pública.

De acordo com o secretário da Segup, Ualame Machado, a aplicação dos recursos garantirá o fortalecimento do policiamento, das investigações e uma resposta ainda mais célere aos casos já concretizados, identificando e punindo os responsáveis, evitando, assim, que mais crimes ocorram. “Teremos uma melhora nas ações das Polícias Civil e Militar, com um aperfeiçoamento do trabalho e da busca de dados alimentados nas plataformas e links de redes sociais, para podermos cruzar informações. Teremos ainda a aquisição de novos equipamentos tecnológicos para o Centro de Perícias Científicas”, citou.

EQUIPAMENTOS

Entre os investimentos destacam-se a modernização e a ampliação dos equipamentos de segurança em módulos já implantados em diversos Estados do país. No Pará, o sistema que reúne tecnologia e inovação a favor da segurança pública será adquirido pela Segup e utilizado pelos órgãos do SIEDS, resguardando as especificidades e atribuições constitucionais de cada instituição.

Tal ferramenta será adquirida em três módulos, sendo dois deles destinados exclusivamente para fins de investigação criminal, mediante autorização judicial, e ficarão alocados na PC (Núcleo de Inteligência Policial) e PM (Corregedoria). O terceiro módulo, destinado à Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (SIAC), servirá para auxiliar o trabalho em fontes abertas e redes sociais, na produção de informações estratégicas para todos os órgãos integrantes do sistema de segurança pública.

NOVO CIOP

Também está prevista a reestruturação do Centro integrado de Operações (Ciop) com a criação do Ciop Metropolitano, que abarcará todas as forças de segurança municipais, estaduais e federais da Região Metropolitana de Belém. A atuação será de forma integrada, com a novidade de ter a utilização de inteligência artificial nas câmeras de monitoramento.